Recomendação de Mouse

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Recomendação de Mouse

Mensagem por Snort em Ter Jan 03, 2017 10:41 pm

Ola!

Vocês me recomendam qual mouse? O meu está muito ruim!


vlw
avatar
Snort

Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recomendação de Mouse

Mensagem por Mombai em Ter Jan 03, 2017 11:22 pm


Dá uma lida no que saiu no Adrena:


Código:
Os melhores mouses "baratinhos": Análise de 27 mouses de baixo custo
249
20/12/2016 20:10 | Wellington Diesel | @Adrenaline | Reportar erro
POST ANTERIOR
AMD Radeon Software Crimson ReLive Edition 16.12.2
PRÓXIMO POST



A4Tech
C3Tech e Cougar
Dazz
E-Blue
Fortrek
G-Fire e Genius
K-MEX e Kolke
Logitech
Microsoft e Multilaser
OEX
Redragon
Sharkoon
Vinik
Zalman
Conclusão








Uma das perguntas mais frequentes que pessoas e páginas envolvidas com periféricos recebem é: "Qual mouse barato é indicado para eu comprar?".

Embora já exista o Guia de Escolha de Mouses Gamer (e vamos criar uma nova versão dele aqui no portal em breve!), para alguns é necessário ir abaixo destes valores, especialmente para jogadores menos exigentes e com pouco poder aquisitivo.



Por esta razão, tivemos a ideia de juntar diversos mouses de baixo custo e realizar a comparação entre todos estes, com o intuito de avaliar cada um e tentar mostrar aos nossos leitores quais seriam os melhores e também os piores entre todas estas escolhas.

Mas, para que a competição seja justa e inclua produtos que realmente possamos recomendar, criamos "regras":

1. Deve custar até R$ 80, de preferência abaixo disso.
2. Deve estar no mercado brasileiro, não pode ser um produto importado.
3. Deve estar à venda em lojas de varejo e não apenas no Mercado Livre, OLX e outros.
4. Não pode ser um produto em promoção temporária ou queima de estoque (ex: de R$ 150 por R$ 70).
5. Deve estar em comercialização no momento da análise.
6. Mouses de combos não são contabilizados, a não ser que sejam vendidos separadamente.
7. Mouses sem fio não serão inclusos por questões de precisão.

A partir destas características, pesquisamos diversos mouses e também realizamos uma pesquisa com o público para tentarmos montar uma boa lista. O resultado, foram 27 mouses de diversas marcas, tentando também dar uma chance para marcas pouco conhecidas e limitando o número de produtos por marca.

BUSCAMOS LIMITAR O NÚMERO DE MOUSES POR MARCA E DAR UMA CHANCE PARA EMPRESAS MENOS POPULARES

Destes mouses, apenas 3 foram fornecidos por representantes das marcas: o Cougar Minos X1, o Redragon Centrophorus e o Redragon Nemeanlion.

Todos os outros mouses foram comprados pelo autor desta mega-análise em lojas como Kabum, Pichau e Oficina dos Bits, com exceção do Fortrek Spider Venom, que foi doado por Konahrik Krosis, membro do grupo do Facebook "Periféricos High End" e o Fortrek Spider que fora emprestado para reparos.



Os mouses da Logitech foram comprados em uma loja física, sendo que já não tenho mais a nota fiscal, enquanto que o Microsoft Optical Mouse 200 é um mouse que já tinha há anos.

Esta análise não foi encomendada por marca alguma e não vamos favorecer ninguém, nem mesmo aqueles que nos foram concedidos pelas marcas. Os melhores resultados serão obtidos pelos melhores mouses, simples assim.

Explicando os testes

Para realizarmos os testes, é utilizada uma ferramenta chamada MouseTester, desenvolvida inicialmente pelo usuário "microe" do fórum Overclock.net e atualmente mantida pelo usuário"dobragab" do mesmo fórum.



Para quem tiver interesse em utilizar este software, o link para download está aqui.

O PRIMEIRO TESTE É O TESTE DE CONSISTÊNCIA DE RASTREIO

Ele confere se há alguma distorção ou inconsistência no rastreio do mouse. Para isso, são feitos movimentos constantes com o mouse, movendo este da esquerda para a direita em uma velocidade média, sem exageros.





Este é o teste mais fácil para ser aprovado, e a menos que o sensor de um mouse esteja mal implementado (ou muito mal feito), qualquer mouse de qualidade não terá problemas com ele - nem mesmo mouses que não foram feitos para jogos.

Comparando com instalação de computadores, ir mal neste teste é igual instalar um processador sem utilizar pasta térmica e sem firmar o cooler corretamente.

Se um mouse for reprovado neste teste, estas distorções representadas na imagem inferior estarão presentes em TODO O MOMENTO que o mouse for utilizado, atrapalhando consideravelmente a sua precisão. É sério, um mouse NÃO PODE ter isso, independente se custa R$ 30 ou R$ 300.



ATENÇÃO!

Todos os testes foram realizados em 800 DPIs, 1000 DPIs ou na única DPI disponibilizada pelo mouse. Se fizéssemos os testes em DPIs ainda mais altas, resultados ruins acabam ficando ainda piores, tanto neste teste quanto no de aceleração!

É sério, se um mouse já é ruim em 800 DPIs, ele é muito pior em 3200 DPIs.




O SEGUNDO TESTE É O TESTE DE ACELERAÇÃO

Este teste irá demonstrar o resultado de movimentos rápidos com o mouse, algo que é extremamente comum especialmente em jogos, especialmente FPS.





Este é o teste mais difícil, pois caso o mouse utilize um sensor feito para mouses de escritório, ele vai falhar. Apenas mouses gamers de verdade, com sensores realmente projetados para utilização em jogos, terão chances de passar neste teste... e não temos altas expectativas para os mouses desta análise.

Caso o mouse venha a falhar ou apresentar um resultado irregular, isto quer dizer que ele é incapaz de rastrear movimentos rápidos, será um modelo inadequado para jogadores de FPS. Este Genius X-G200, por exemplo, não é um bom mouse para jogos de FPS:



O TERCEIRO TESTE É ABRIR O MOUSE E ANALISAR SEUS COMPONENTES

Cada componente em um mouse possui uma fabricante, a qual podemos tentar descobrir e analisar sua reputação e nível de qualidade. É claro que as melhores marcas (ex: OMRON, HUANO, Zippy) são mais caras do que marcas de fundo de quintal, mas elas também proporcionam melhores cliques e maior durabilidade.



Também há outras questões que podem ser analisadas, tal como conectores e fiação do mouse. E não estamos falando de cabos de nylon e plug USB banhado a ouro, e sim dos conectores internos do mouse, que em vários casos tendem a ser mal feitos para que o mouse não dure muito tempo.

Então vamos lá:

A4Tech



A4Tech N-600X

Valor Pago: R$ 47

A A4Tech é uma das poucas empresas nesta lista que realmente projetou os seus próprios mouses e até criou algumas das tecnologias presentes nestes.

O A4Tech N-600X é um mouse com a tecnologia de sensores V-Track, que supostamente permite um rastreio na vertical e compatibilidade com qualquer superfície. Ele é um mouse relativamente pequeno, com boa resposta em seus cliques, em seu scroll e um acabamento bastante aceitável para um mouse de baixo custo.

Então, como este mouse se saiu nos testes?



Começamos com o pé direito! Um mouse com um sensor bem implementado e sem nenhuma distorção no seu rastreio, embora infelizmente este seja incapaz de rastrear movimentos rápidos, o que lhe torna inadequado para jogos de FPS. Mas, a A4Tech não comercializa ele como sendo um mouse "gamer", então não será penalizado por isto.

E quanto a seus componentes internos?



Uau! O A4Tech N-600X possui uma Construção Interna simplesmente impressionante para a faixa de preço de R$ 35~50. Conector removível e bem feito, switches de alta qualidade da HUANO nos botões principais, laterais e meio, além de um codificador da HUANO/Tenfe. Isso não é a construção de um simples mouse de escritório. Se um mouse gamer de R$ 200 tivesse estes mesmos componentes, ainda assim ele receberia meus elogios.

O A4Tech N-600X certamente é um mouse feito para durar e com uma excelente resposta em seus botões. Um excelente mouse para escritório e também excelente mouse para jogadores menos exigentes.

E logo de início temos um favorito para se tornar o campeão deste torneio. Será que veremos algo mais interessante?

C3Tech e Cougar



C3Tech MG-11

Valor Pago: R$ 31,31

A C3Tech é bastante conhecida em periféricos, sendo possível encontrar produtos da marca em quase todas as lojas de informática do Brasil.

Assim como diversas outras desta lista, a C3Tech não foi responsável pelo projeto de seus mouses, sendo estes apenas remarcações de mouses chineses já existentes.

Então, vamos ver como o C3Tech MG-11 Buzzard se sai nos testes?



Bom...ele já começou com resultados horríveis! O C3Tech MG-11 Buzzard não apenas apresenta distorções sem razão alguma, o que representa que o seu sensor está mal aplicado, mas também tem um resultado ainda pior que o A4Tech N-600X que acabamos de analisar acima. Mas será que os componentes deste mouse "feito para jogos" é melhor do que o mouse de escritório?


S/I = Sem Identificação

Jesus Cristo amado..! Este mouse "gamer" tem luzes que trocam de cor, um "design legal", e uma caixa bem bonitinha, mas não tem 1/10 da qualidade que o mouse de escritório da A4Tech. É bastante inferior em precisão e também em construção.

Com componentes de baixa qualidade em seus botões e no scroll, o C3Tech MG-11 Buzzard não passa de um mouse de 10 reais com uma "capinha gamer" por cima. Ele só não é um dos piores da lista pois o acabamento do seu conector parece decente perto de outros.

Então ele não é o pior da lista?! Não, pois isto infelizmente vai continuar se repetindo com muitos outros - e alguns são ainda piores...



C3Tech MG-100BK

Valor Pago: R$ 42,90

Continuando com a C3Tech, temos o MG-100BK, também conhecido como Harpy.

Este é um mouse da C3Tech com um visual bastante diferenciado, claramente inspirado em mouses como o Corsair M60/M65, tem cliques razoáveis, um scroll decente e botões laterais ruins em sua resposta. Mas como será o desempenho e a construção deste? Será que é melhor ou pior que o MG-11?



Ele não foi tão ruim quanto o seu irmão MG-11, mas certamente o sensor deste mouse não é "flor que se cheire".

E quanto aos seus componentes internos?


S/I = Sem Identificação

Um visual superior ao MG-11, LEDs que mudam de cor de acordo com a DPI, cabo em nylon e uma caixa bonitinha. Mas, assim como seu irmão, também é medíocre em termos de qualidade, tendo um rastreio com distorções e baixa qualidade em seus componentes internos.

É triste, mas é isso que acontece com maioria dos mouses "gamer" desta lista. Bastante aparência e pouca qualidade.



Cougar Minos X1

Fornecido pela fabricante. Preço Médio: R$ 79,99

O Cougar Minos X1 é um dos mouses mais caros desta lista, custando R$ 80. Ele foi recém lançado e possui o risco de acabar passando do valor máximo pouco tempo após a análise. Ele é supostamente superior ao Cougar 200M e está na mesma faixa de preço, por isso não incluímos o 200M nesta análise.

A linha Minos possui uma proposta extremamente interessante. O modelo Minos X3 é dedicado para jogos de FPS e oferece um sensor topo de linha Pixart PMW 3310 por R$ 150, um valor adequado ao que este promete. Enquanto isto, o Minos X1 oferece o mesmo nível de qualidade em componentes, mas com a presença do sensor AVAGO 5050, que é um sensor extremamente inferior em precisão, mas muito mais barato. O resultado? Custa metade do preço: R$ 80.

Ou seja, o Minos X3 é o mouse para quem joga FPS e o Minos X1 é o mouse para quem joga MOBAs e outros jogos que não requerem alta precisão. Excelente ideia no papel, mas e na prática?



Conforme era de se esperar, o sensor não está legal, tem um pouco de distorção e trava em movimentos rápidos. O Cougar Minos X1, assim como maioria da lista do baratinho, é inadequado para jogos de FPS devido à presença do sensor AVAGO 5050.

Mas, este não é um mouse para FPS, esta função fica delegada ao Minos X3. E quanto a seus componentes internos?



É visível a diferença do nível de qualidade entre o Cougar Minos X1 e outros mouses desta lista. Botões OMRON nos principais, codificador HUANO/Tenfe, botões do meio e laterais da HUANO. Mesmo se este mouse custasse na faixa dos R$ 300, ainda assim teria uma construção interna adequada ao preço, tamanho o nível de capricho.

O Cougar Minos X1 pode não ser um mouse adequado para FPS, mas se prova uma boa escolha para uso geral e utilização em jogos que requerem mais conforto e boa resposta nos botões do que precisão.

Então, qual o seu maior problema? Concorrência. Por apenas uma pequena diferença de preço, é possível comprar mouses como o Azio EXO1, CM Storm Xornet II ou Dazz Smilodon, que além de ter componentes de alta qualidade, possuem sensores muito superiores.

Dazz



Dazz Kirata

Valor Pago: R$ 66,90

A Dazz (que é parte do grupo Maxprint) é outra empresa brasileira que remarca produtos chineses, mas, ao contrário da maioria, ela seleciona um pouco melhor o que trazer para o Brasil. Ela entende sobre mouses.

Diversos dos produtos da marca são produzidos pela Motospeed, tal como o Dazz Smilodon (Motospeed v7) que é um ótimo mouse gamer de baixo custo, embora tenha diversas informações incorretas em sua caixa, e o Dazz Kirata, que nada mais é do que um Motospeed v2 remarcado.



O Dazz Kirata é um dos maiores em tamanho desta lista, com uma ergonomia extremamente confortável, um acabamento de ótima qualidade e bons cliques - embora seus botões laterais sejam meio ruins para pressionar. É visível que este usa a carcaça de um mouse gamer profissional e entendo a razão pela qual a Finalmouse faz uma versão modificada do mesmo mouse.

Também, este é o único mouse desta lista com um software de verdade, capaz de gerenciar DPIs, funções de botões, cores de seus LEDs, taxa de atualização e várias outras funções. O problema? O software disponibilizado pela Dazz não tem vários destes recursos, apenas o software da Motospeed, que pode ser baixado aqui, tem estas funções:



Mas, e quanto à sua qualidade?





A única coisa que está errada no Dazz Kirata, é o sensor que acabou sendo utilizado. Assim como em outros mouses que já vimos e outros que ainda veremos, o sensor AVAGO 5050 é inadequado para utilização em jogos de FPS, especialmente por travar em movimentos rápidos, mas pelo menos a Motospeed sabe muito bem como implementar ele.

No restante, ele é um ótimo mouse, feito para durar. É o único da lista que tem um software de verdade e é adequado para jogadores menos exigentes. Seu maior problema na verdade, é estar custando próximo ao Dazz Smilodon, que é consideravelmente superior.

Sei que a Motospeed faz este mouse sob encomenda e com o sensor que o cliente desejar, sendo que o AVAGO 5050 é o mais barato das escolhas disponíveis. Então, teria uma sugestão: Dazz, por favor lancem este mouse com o sensor AVAGO 3050 ou Pixart PMW 3320 e vocês terão um excelente mouse gamer em mãos.

E-Blue



E-BLUE Cobra Type-M

Valor Pago: R$ 52,90

A E-Blue é uma marca chinesa bastante conhecida no mercado oriental, mas não tanto aqui no Ocidente. O E-Blue Cobra Type-M tem um visual interessante, um acabamento caprichado e alguns dos piores botões laterais que já usei em um mouse, além de seu scroll ter atrito com plástico do próprio mouse.

Minhas expectativas não eram altas, mas vamos ver os testes.



Embora não seja um sensor de alta qualidade e adequado para jogos de FPS, é impossível negar que a E-Blue implementou corretamente o sensor PAN3509, não havendo nenhuma distorção em seu rastreio.

Então, vamos para os componentes internos.



Uau! Com certeza a E-Blue está bem acima de concorrentes como a C3Tech, Fortrek, Kolke e Multilaser. Componentes internos de alta qualidade, botões HUANO nos principais, codificador da TTC, enquanto o botão do meio e os laterais não são muito bons, o que é aceitável para o seu preço.

Sinceramente, a E-Blue parece ser uma marca underrated no mercado Brasileiro e espero que este artigo ajude reverter um pouco esta situação.

Fortrek



Fortrek Venom Spider

Doado por Konahrik Krosis. Preço Médio: R$ 49,90

Assim como outras, a Fortrek é uma marca brasileira que faz a remarcação de mouses chineses de baixo custo, não tendo projetado nenhum destes produtos.

O Fortrek Spider Venom é apenas mais uma das milhares de remarcações feitas em cima de um certo mouse chinês, sendo que é supostamente uma versão mais "caprichada" do Fortrek Black Hawk e bem similar ao Kolke MG-100, a diversos mouses da linha Multilaser Warrior. Além de uma cacetada de outros mouses que podem ser encontrados sendo vendidos por outras marcas, no Mercado Livre, eBay, Aliexpress, etc...

O Fortrek Venom Spider é supostamente o "sucessor" do Spider, tendo conector USB banhado a ouro, cabo em nylon trançado, mais LEDs e detalhes que seu antecessor. Ou seja, possui vários diferenciais que afetam o marketing da marca, mas será que o seu desempenho e durabilidade melhoraram?



Os resultados não são bons. O mouse tem uma quantia considerável de distorção em seu rastreio e trava em movimentos rápidos.

Mas, o que espanta mesmo, é a Construção Interna


M/D = Marca Desconhecida. S/I = Sem Identificação.

Olha, não adianta nada o conector bonitinho e o cabo em nylon se por dentro temos algo tão mal feito.

Um conector ridiculamente frágil, cabos fracos e que já estavam danificados quando abrimos a nossa unidade, componentes internos piores do que modelos mais baratos da própria Fortrek e de muitas outras marcas desta análise. Até o Fortrek Black Hawk, que custa quase metade do preço, é um pouco mais caprichado:


S/I = Sem Identificação

Sinceramente, isto é vergonhoso, pois todo o investimento feito no Fortrek Spider Venom foi apenas no cabo, na carcaça e nos LEDs. O resto é muito pior do que vários outros mouses da lista.



Fortrek Spider

Fornecido para reparos. Preço Médio: R$ 27,90

O Fortrek Spider OM701 é supostamente o antecessor do Fortrek Spider Venom, custando menos e não tendo nada muito chamativo em seu design - não tem um LED sequer por exemplo.

O mouse é bastante sóbrio, tem um acabamento em plástico fosco, um formato relativamente confortável, botões bastante barulhentos e não muito suaves. A nossa unidade até Double-Click tem no botão esquerdo. Será que ele é ainda pior que o Spider Venom?





Para minha surpresa, os resultados dos testes e também os componentes internos indicam que este é sem dúvidas o melhor mouse da Fortrek entre os três modelos que testamos.

Este mouse "feio" e sem LEDs consegue ser superior a seus irmãos enfeitados, não sendo exatamente um mouse de alta qualidade como alguns outros da lista, mas com certeza não é tão ruim quanto seus irmãos.



Fortrek Tarantula

Valor Pago: R$ 28,90

O Fortrek Tarantula é outro mouse extremamente popular da Fortrek, especialmente devido à aparência e baixo custo. É um mouse "ambidestro", embora infelizmente só tenha botões na sua lateral esquerda.

E quanto à sua precisão?



Infelizmente há uma boa quantia de distorção no rastreio deste mouse, além do mesmo travar em movimentos rápidos, o que lhe torna inadequado para jogos de FPS.

Quanto à construção interna, ele é feito para durar?



Infelizmente não. Assim como o seu irmão Fortrek Spider Venom, ele possui diversos componentes de baixa qualidade, embora não seja tão ruim quanto o Venom, especialmente em sua fiação e scroll.

O triste destes resultados é saber que os mouses de marcas como a Fortrek são alguns dos mais populares do mercado...

G-Fire e Genius



G-Fire MOG014

Valor Pago: R$ 69,00

Em termos de visual, o G-Fire certamente é chamativo, sendo mouse mais "metal" de toda a lista. Sério, mesmo se ele não tiver bons resultados nos testes, certamente usarei este mouse como enfeite de mesa.

Embora não se enganem: mesmo que ele tenha ficado "bonitinho" na imagem, é possível ver alguns pontos nos quais sua pintura não está muito legal, especialmente em suas laterais.

Mas chega de aparência, vamos ao que realmente importa: resultados.



O sensor parece ser um dos menos piores da lista, tendo uma capacidade de rastrear em velocidades mais altas do que maioria dos sensores usados pelos mouses do artigo.

E quanto aos seus componentes internos?


M/D = Marca Desconhecida. S/I = Sem Identificação.

Infelizmente o MOG014 não é caprichado por dentro, tendo diversos componentes de marcas desconhecidas, componentes sem identificação e um cabeamento mal feito.

E pelo valor de R$ 69,00 que pagamos, o seu nível de qualidade é sinceramente decepcionante. É triste, mas este mouse realmente só vai servir como enfeite.



Genius X-G200

Valor Pago: R$ 11,25

A Genius é uma das empresas mais antigas do ramo de periféricos. Embora ela não seja famosa no ramo gaming, é uma empresa já estabelecida quando o assunto são produtos para uso empresarial.

Mas isto não quer dizer que a Genius não tenha uma linha de produtos para jogos, tal como o Genius X-G200, que é um dos mouses gamer de menor custo da marca.

Então, vamos testar ele e ver se há algo interessante?



Os testes de precisão são simplesmente horríveis, mas o pior é que a nossa unidade também se move sozinha ao levantar o mouse, o que sinceramente indica que a unidade é defeituosa, invalidando o teste de sensor.



Mas e quanto aos componentes internos?



O mais curioso, é que em termos de durabilidade, este mouse é incrivelmente bem feito para algo tão barato. Botões HUANO nos principais, um codificador da TF e um conector bem feito. Extremamente simples, mas feito para durar.

Infelizmente o mouse mais barato da lista acabou tendo seus testes de precisão invalidados por ter vindo com defeito de fábrica.Mas, ao que tudo indica, o Genius X-G200 é um péssimo mouse para jogos de FPS, porém com uma ótima durabilidade, sendo bastante adequado ao seu valor.



Genius XScroll

Valor Pago: R$ 20,00

O Genius XScroll é um dos mouses mais baratos da lista, custando apenas R$ 20, é um mouse para escritório e usuários comuns produzidos pela Genius.

Infelizmente o Genius XScroll é um dos piores desta lista em termos de durabilidade. Na própria loja onde trabalho este mouse é campeão em RMA devido a problemas no scroll, e foi substituído por modelos como o Microsoft P58 e o Logitech M90.

Já sem muitas expectativas, vamos começar os testes:



Há um pouco de distorção no rastreio deste mouse, mas para o seu valor está perfeitamente aceitável. O mouse também falha no teste de aceleração, sendo inadequado para jogos de FPS (mas já se esperava isso). A principal função de mouses de escritório como estes, é simplesmente funcionar.

E para funcionar, é necessário ter o mínimo de qualidade em seus componentes internos, para que o mouse seja durável.



O caso do Genius XScroll é infeliz. Em termos de construção, ele é um mouse caprichado para seu valor, mas um único componente acaba estragando ele: esta peça escrito HING (o codificador), que é responsável por registrar o scroll.



Devido à qualidade de seu scroll, o Genius XScroll é um mouse que não é adequado para uso empresarial, nem para utilização por usuários comuns ou gamers. Recomendamos que a Genius faça a substituição desta peça que demonstramos com urgência e entre em contato conosco para atualizarmos a análise.

K-MEX e Kolke



K-MEX MOG636

Valor Pago: R$ 29,90

Sério, não preciso nem explicar que isto é obviamente um mouse do Iron Man da Aliexpress, mas a K-MEX não faz essa referência devido à questão de direitos autorais e por não ser um produto licenciado.

O mouse do Iro-, digo, o K-MEX MOG636 juntamente com o G-Fire MOG014, é um dos mouses mais diferenciados em termos de aparência, parecendo mais um brinquedo do que um mouse. E mesmo assim impressiona: um ótimo acabamento e uma boa ergonomia, embora seus botões laterais sejam frouxos e horríveis para pressionar.

E quanto aos testes então?



WTF? Eu realmente esperava um fiasco, mas o MOG636 surpreende por se apresentar como sendo um dos mouses mais precisos desta lista, inclusive sendo superior a modelos de R$ 70~80.

E quanto aos componentes internos?


M/D = Marca Desconhecida. S/I = Sem Identificação.

Infelizmente nos componentes o MOG636 não acompanha o sensor, não tendo uma durabilidade equivalente à qualidade de seu sensor e de sua implementação.

Componentes de marcas desconhecidas ou sem identificação, além de cabeamento mal feito, fazem este mouse ter uma baixa expectativa de durabilidade. Uma pena, pois seria muito legal se um dos melhores mouses da lista tivesse sido este mouse do Iro-, digo, o K-MEX MOG636



Kolke Aleator KMG-504

Valor Pago: R$ 47,90

A Kolke, assim como a C3Tech, Multilaser e diversas outras desta lista, é mais uma marca que apenas importa e remarca produtos chineses com o próprio nome.

O verdadeiro diferencial desta sobre as outras é que não é brasileira, e o seu foco não é apenas o Brasil, mas também a Argentina, Uruguai e Paraguai, sendo a única marca bolud-, digo, argentina da lista.

Brincadeiras à parte, o Kolke Aleator KMG-504 é um mouse com um visual bastante diferenciado, tendo detalhes "desgastados" em seu plástico lateral e inferior, o que fica legal no papel, mas não gostei do resultado na prática.



Será que esta empresa vai nos surpreender?



E realmente estamos surpresos, mas pelos motivos errados. O KMG-504 apresenta uma quantia absurda de distorção sem razão alguma, além do sensor enlouquecer em movimentos rápidos. Certamente este mouse é inadequado para jogos de FPS e pode ser inadequado para outros tipos de jogos também.

Mas e quanto à sua construção? É um mouse feito para durar?



Infelizmente não. Embora ele não seja tão ruim quanto alguns desta nossa lista, ainda assim não deixa de ser um mouse de baixa qualidade em sua construção interna.



Kolke KMG-100

Valor Pago: R$ 24,90

Assim como o Fortrek Black Hawk, Fotrek Spider Venom, Multilaser MO207 e tantos outros mouses do mercado, temos mais um modelo de mouse com este formato genérico, mas o curioso é que embora tenha o encaixe, este não possui o botão "3x Fire" que os outros possuem.

Será que ele terá resultados tão ruins quanto seu irmão mais caro?



Se lembram que nos mouses da Fortrek, os modelos baratos se mostraram melhores que os mais caros? Pois é... Isso continua acontecendo, mas com outras marcas.

Para nossa surpresa, diferente do KMG-504, o KMG-100 tem um sensor bem implementado, embora trave em movimentos rápidos, fazendo este inadequado para jogos de FPS.

E quanto à sua construção?



O curioso é que este mouse tem o espaço para o botão de "3x Fire" na placa e basta colocar um switch para ativar ele.

Enfim, os componentes do KMG-100 infelizmente seguem a mesma linha que seu irmão mais caro. Cabo em nylon e caixa bonitinha, mas componentes de má qualidade no seu interior.

Logitech



Logitech M90

Valor Pago: R$ 30,00

A Logitech, junto à Genius e Microsoft, é uma das empresas mais antigas do ramo de periféricos, e é bastante respeitada por seus mouses no setor gamer, assim como também no setor de escritório por questões de durabilidade.

Um diferencial que separa a Logitech do restante das outras marcas é oferecer 3 anos de garantia para seus produtos, o que significa que ela tem confiança na durabilidade destes.

Mas, será mesmo? Vamos ver o Logitech M90 então:



Como é interessante ver que um mouse projetado para escritório consegue ter resultados superiores aos de muitos mouses "gamer". Embora o Logitech M90 tenha um pouco de distorção e trave em movimentos rápidos, isto é aceitável, pois não é vendido como mouse "gamer", e mesmo assim acaba tendo resultados superiores a mouses da C3Tech e Fortrek por exemplo.

E quanto aos componentes usados no mouse?



Para o seu valor, a construção interna do Logitech M90 é bastante respeitável. O codificador ótico exclusivo da Logitech garante que quem comprar este mouse, não terá problemas com o seu scroll. Os switches Kailh embora não sejam dos melhores, são bons para o preço e melhores do maioria dos mouses "gamer" da nossa lista utilizam.

Ele é um mouse feito para escritório, mas, para o jogador menos exigente, ele consegue quebrar um bom galho e ser superior a muitos mouses "gamer" da nossa lista. Isso, especialmente devido sua durabilidade e por seu sensor não ter falhas consideráveis.



Logitech M105

Valor Pago: R$ 40,00

O Logitech M105, diferente de alguns de seus antecessores, tem um visual mais "jovem", menos dedicado para ambientes empresariais e com uma aparência um tanto chamativa. Ele foi supostamente projetado para utilização em dispositivos móveis, e tem algumas melhorias em comparação com o M90 e M100.

Mas será que estas melhorias aumentam a sua durabilidade e precisão?



Os testes de precisão são simplesmente horríveis, o mouse não apenas trava até mesmo em movimentos lentos, mas simplesmente enloquece quando o movemos rapidamente. Mas felizmente a Logitech não comercializa ele como sendo um mouse gamer, e sim um mouse de escritório.

E quanto aos seus componentes internos então?



Para surpresa de poucos, a Logitech realmente não brinca quando o assunto é durabilidade. Embora a placa tenha uma aparência bastante genérica, os componentes usados nela são de altíssima qualidade.

Um dos melhores scrolls do mercado utilizando o codificador ótico exclusivo da marca, combinado com switches de ótima qualidade da Himake, fazem o Logitech M105 um dos melhores em termos de durabilidade desta nossa lista, sendo superior ao M90 neste quesito, porém inferior em precisão.

O Logitech M105 é horrível como mouse para jogos devido à sua precisão, mas esta não é a função dele. Seu objetivo é ter durabilidade, aspecto no qual ele acaba sendo muito superior à maioria dos mouses "gamers" desta lista. Talvez para jogadores pouco exigentes, o Logitech M105 quebre um galho, mas há opções melhores na nossa lista.

Microsoft e Multilaser



Microsoft Optical Mouse 200

Valor Pago: R$ 20,00

O Microsoft Optical Mouse 200 é um mouse que dispensa apresentações, é bastante utilizado em ambientes empresariais. Vendido em caixas com diversas unidades, é leve e tem uma aparência bastante simples.

Mas como será que ele se sairá nos testes?



Os resultados do Microsoft Optical Mouse 200 foram uma tremenda surpresa. Embora ele não tenha LEDs ou uma quantia absurda de DPI, em termos de precisão, ele conseguiu dar uma surra na maioria dos mouses desta comparação.

O Optical Mouse 200 apresenta um resultado perfeito no teste de consistência, indicando que o sensor deste fora implementado perfeitamente e não possui distorções. Mas, assim como todos os mouses da lista, ele infelizmente trava em movimentos rápidos, tornando este inadequado para jogos de FPS.

Já a Construção Interna:



Botões de boa qualidade da HC e um conector removível e bem feito. O único problema do Microsoft Optical Mouse 200 é o seu codificador de scroll da marca "V", o qual é de baixa qualidade e já parou de funcionar nesta unidade de análise.

O Microsoft Optical Mouse 200 é um mouse extremamente simples, mas ainda assim é um mouse de respeito, com um ótimo desempenho para um mouse de baixo custo e componentes de boa qualidade, com exceção do seu scroll.



Microsoft Optical P58

Valor Pago: R$ 46,90

Depois do resultado surpreendente do Microsoft Optical Mouse 200, é vez de analisarmos o seu irmão, Microsoft Optical P58, que parece ser mais popular. Este é um mouse bem pequeno, ridiculamente leve e com uma ótima resposta em seus botões. Será que vamos ver algo ainda melhor?



Infelizmente este mouse é inferior em termos de precisão em comparação com o Microsoft Optical Mouse 200, travando tanto em movimentos lentos quanto em movimentos rápidos.

Mas e quanto à sua construção?



Em termos de Construção, o Microsoft P58 é um pouco superior ao Optical Mouse 200. Botões de maior qualidade e um codificador de outra marca, o que deve diminuir a incidência de problemas com o scroll neste modelo.

Certamente este não é um mouse projetado para jogos e não é adequado para FPS, mas não deixa de ser um mouse projetado com durabilidade em mente, sendo por isto adequado à função para a qual foi projetado: a utilização em escritórios.



Multilaser Warrior MO191

Valor Pago: R$ 63,67

O Multilaser Warrior MO191 é também a remarcação de um mouse chinês, sendo que já foi vendido no Brasil pelo nome de Dragon War Leviathan e agora também X-Trike Leviathan. Enfim, este é um mouse que não foi projetado pela Multilaser e contém diversas informações falsas em sua embalagem e material publicitário, conforme podemos notar nesta análise detalhada.

Sem mais, estes são os resultados dos testes:



Sabem, não vou mentir e dizer que o MO191 seja um mouse "bom", mas perto do que já vimos, ele não é dos piores. Uma quantia mediana de distorção em seu rastreio e uma incapacidade de rastrear movimentos rápidos. Mas, perto do que alguns mouses da Fortrek, Kolke e Vinik conseguiram, ele acabou saindo da lista dos piores mouses que já analisei.

Já em seus componentes internos:



Embora eu ainda ache bizarro/incorreto a utilização de Cola Quente para manter os cabos seguros, ainda assim é uma prática melhor do que deixar os cabos mal organizados e soltos dentro do mouse, como alguns outros desta lista.

Os switches da ChangeFeng e o codificador da CHB garantem que o Multilaser MO191 tenha uma boa durabilidade.

O grande problema mesmo é este mouse custar atualmente na faixa dos R$ 80, quando diversos outros mouses da lista acabam sendo superiores a ele. Infelizmente esse mouse só seria aceitável pela metade deste valor. Ah, e não usem o mousepad de desculpa, ele é bem "comunzinho".

OEX



OEX Action MS-300

Valor Pago: R$ 57,90

A OEX é outra marca que importa e remarca produtos chineses, sendo que é bem fácil encontrar diversas versões diferentes do mesmo mouse que o OEX Action MS-300 em páginas como a Aliexpress.

Então, como será o desempenho deste "mouse gamer"? Será que ele irá apresentar um bom rastreio e componentes ou vamos continuar vendo a categoria "gamer" apanhar de mouses da Logitech e Microsoft?



Aqui temos uma melhora em comparação com outras marcas de mouses gamer "populares". O sensor do OEX Action MS-300 certamente foi bem implementado, não apresentando distorções, mas trava em movimentos rápidos assim como todos os outros da lista, o que lhe torna inadequado para jogos de FPS.

E o que dizer sobre seus componentes?



Componentes de qualidade razoável e um cabeamento decente, diferente de muitos outros mouses "gamer".

Realmente, o OEX Action MS-300 acaba sendo superior a concorrentes da Fortrek, Kolke e Multilaser. Ainda é inferior em qualidade em comparação com alguns outros da lista, mas longe de ser um mouse ruim, embora não é exatamente uma boa opção pelos quase R$ 60 que pagamos por ele, pois há mouses melhores por este preço.

Redragon



Redragon Centrophorus

Fornecido pela fabricante. Custo Médio: R$ 59,90

O Redragon Centrophorus é um dos mouses de menor custo da Redragon. Embora a marca seja pouco conhecida no Brasil, a Redragon na verdade opera muito como OEM, remarcando seus produtos para outras marcas. Aliás, é uma das poucas desta lista que além de projetar, também produz os próprios mouses.

O Centrophorus conta com um visual bastante diferenciado, iluminação, cabo em nylon, conector banhado a ouro, peso ajustável e outras características bastante utilizadas pelo marketing da empresa. Visualmente parece ser um dos mais "caprichados", mas também é um dos mais caros.

Mas e quanto ao que realmente importa: sua durabilidade e precisão?



Há um pouco de distorção em seu rastreio, mas nada exagerado como alguns outros. Como já era de se esperar, trava em movimentos rápidos e é inadequado para FPS.

E nos componentes internos?



Embora seja um mouse muito bem feito, o Redragon Centrophorus comete um tremendo pecado em seu projeto. Ele utiliza um botão de maior qualidade da TTC no botão Esquerdo e um botão de qualidade inferior da ChangeFeng (Cf) no botão Direito. Ou seja, os botões Esquerdo e Direito são completamente diferentes um do outro.

Isto acaba gerando uma diferença na durabilidade destes e também na resposta, o que pode ser irritante para algumas pessoas.

Como mouse para escritório ou para jogadores pouco exigentes, o Centrophorus é uma boa pedida devido à sua durabilidade, embora a questão dos botões usarem switches diferentes pode irritar algumas pessoas.



Redragon Nemeanlion

Fornecido pela fabricante. Custo médio: R$ 76,90

O Redragon Nemeanlion (acreditem, até a Redragon Brasil não gosta desses nomes), é um mouse de maior custo que o Centrophorus, tendo algumas diferenças em seu acabamento e supostamente melhorias em componentes, além de maior DPI.

Mas no que isso afetam os resultados?



Surpreendentemente, em termos de precisão, o Nemeanlion é inferior ao Centrophorus. Além de ter leves distorções, trava com muita facilidade em movimentos rápidos, também sendo inadequado para jogos de FPS.

Mas então, onde ficam as melhorias?



Internamente, o Redragon Nemeanlion é um mouse muito caprichado. Switches de alta qualidade da OMRON, codificador da TTC, cabeamento bem feito e etc. Realmente é a construção que todo mouse gamer que se preze deveria ter.

O problema dele? O mesmo que o Cougar Minos X1: custar apenas um pouco menos que mouses consideravelmente melhores.

Sharkoon



Sharkoon Shark Force

Valor Pago: R$ 66,90

A Sharkoon é uma marca bastante conhecida no exterior por questões de Custo x Benefício. Fora do Brasil, ela oferece mouses de qualidade respeitável por um preço bastante competitivo.

O Adrenaline já fez uma análise do Sharkoon Shark Force, mas a metodologia do autor (wetto) é totalmente diferente e consequentemente as conclusões também são. Vamos então ver os resultados:



Um rastreio perfeito sem distorções, embora infelizmente trave em movimentos rápidos, tornando este inadequado para jogos de FPS.

Já em seus componentes, os resultados são:



O Sharkoon Shark Force não tem tantos recursos quanto alguns concorrentes, mas não deixa de ser um mouse muito bem feito, com um sensor bem implementado e excelentes componentes.

Então qual o problema deste mouse? O mesmo que o Nemeanlion: custar apenas um pouco menos que concorrentes superiores.

Vinik



Vinik VX Lizard

Valor Pago: R$ 29,90

Ignorando o fato do autor ter perdido o scroll deste mouse após abrir ele, a Vinik é uma marca brasileira que compete com a C3Tech e Multilaser, importando e remarcando diversos produtos chineses. Mais conhecida no ramo de gabinetes, a Vinik é uma marca com pouco destaque no ramo de mouses.

O Vinik VX Lizard é um mouse de baixo custo com uma aparência de mouse gamer e um acabamento bastante simples, sendo toda a sua superfície em um plástico fosco.

Será que o Vinik VX Lizard vai nos surpreender?



É, estou realmente surpreso em quão mal este mouse conseguiu ir neste teste. O sensor chega a travar em movimentos lentos, por isso o gráfico de consistência ficou louco desse jeito.

Mas e por dentro, será que ele é tão ruim assim?


M/D = Marca Desconhecida

Realmente, o Vinik VX Lizard nos surpreendeu, pois achamos o pior mouse da lista dos baratinhos. O Vinik VX Lizard não tem medo de fazer tudo errado. Um dos piores sensores da lista, um conector interno extremamente mal feito (o que adianta o cabo em nylon e conector gold-plated?!?!) e componentes de baixa qualidade.

E para fechar com chave de ouro, este mouse tem menos de um metro de cabo, o que acaba dificultando a utilização deste em diversos computadores.



Sinceramente, não consigo ver nada que foi projetado corretamente neste mouse. A pessoa que projetou ele merece ser banida da indústria por sua incompetência. Com todo o respeito, aconselhamos à Vinik que retire este mouse de comercialização e procurem mouses de outra OEM que realmente saiba fazer mouses. Se querem uma dica, recomendo ir atrás da Mototech (Motospeed) ou da Meetion.

Zalman



Zalman ZM-M250

Valor Pago: R$ 33,92

A Zalman é uma marca de altos e baixos. Embora tenha sua época de glórias com certos equipamentos, acabou perdendo fama e clientela com o tempo, sendo que hoje é menor do que já fora. Mas isto não quer dizer que ela não tem capacidade de produzir bons produtos, talvez teremos surpresas.

A ergonomia deste mouse é algo extremamente natural para quem já está acostumado a testar diversos mouses: Steelseries Kinzu.

O Zalman ZM-M250, mesmo não possuindo nenhuma iluminação, é um dos mouses que inspira mais confiança desta lista por sua aparência. Bons cliques, bom scroll, não possui botões laterais e minha mão encaixa neste igual um ímã. Seria este o melhor mouse?



Como já era de se esperar, o seu sensor trava em movimentos rápidos, mas felizmente a Zalman implementou ele corretamente, pois há apenas uma quantia mínima de distorção.

Vamos então ver seus componentes internos?



UAU! Novamente um mouse "simples" consegue destruir quase todos os mouses da lista em termos de qualidade de componentes!

Mas o que surpreende, é que um mouse de apenas R$ 35 acaba tendo uma construção interna digna de mouses gamer de R$ 100~200! Botões OMRON, codificador TTC, e botões adicionais da Kailh. Dos mouses abaixo de R$ 50, este é de longe o mouse com o melhor Custo x Benefício até agora! Achamos o campeão!



Zalman ZM-M400

Valor Pago: R$ 47,52

O Zalman ZM-M400 possui uma aparência bem trabalhada, com um enorme apoio para o dedão em plástico fosco, enquanto o restante do seu acabamento é glossy (brilhoso). Isto, gera um contraste bem interessante, que é confortável, mas não é ideal para quem sua muito pelas mãos.

É um mouse bonito, leve e com um excelente deslize. Todos os seus botões possuem um bom clique, embora o scroll da nossa unidade apresenta um barulho de atrito quando utilizado, o qual não é confortável.

Mas o pior pecado de design que uma empresa pode fazer enquanto projeta um teclado/mouse é feito pelo ZM-M400: utilizar um conector USB enfeitado que acaba atrapalhando a utilização de outros dispositivos.



É claro que um conector gordo desses não irá atrapalhar a utilização das outras USBs, né? (sarcasmo)

Vamos então para os testes deste mouse:



O Zalman ZM-400, assim como maioria desta lista de mouses, aparenta ser incapaz de rastrear movimentos rápidos, travando quando isto é feito. Também há um pouco de distorção, um pouco mais que seu irmão M250.

E quanto a seus componentes?



Em termos de qualidade de componentes, o Zalman ZM-M400 é um pouco inferior ao seu irmão M250, mas ainda assim é um mouse de respeito pelo preço, realmente feito para durar e adequado tanto para utilização em escritórios, quanto por jogadores pouco exigentes.

Conclusão

Os resultados das análises são extremamente curiosos. Diversos mouses "gamer" com um design bem agressivo, tiveram resultados péssimos, algo que também ocorre em mouses caros como o G.SKILL MX780. E outros mouses com aparência bem simples, tiveram resultados bem acima do que alguns esperam, o que também acontece em mouses mais caros, como o ZOWIE ZA12.

Então, a primeira coisa que o leitor precisa gravar bem na cabeça é que o visual de um mouse não afeta sua qualidade. O resultado que o A4Tech N-600X apresentou foi surpreendente para um mouse que nem se diz gamer, combinando componentes de altíssima qualidade com uma precisão bastante adequada ao preço, sendo claramente superior em todos os quesitos a mouses "gamer" de marcas como a C3Tech, Fortrek, Kolke, Multilaser e OEX.

O PÚBLICO PRECISA APRENDER: O VISUAL DE UM MOUSE NÃO AFETA SUA QUALIDADE.

E o Zalman ZM-M250 fechou este artigo com chave de ouro, um exemplo de um mouse de baixo custo feito para jogos. Ele pode não ter cabo em nylon, uma DPI muito alta, conector banhado a ouro ou uma caixa bonitinha, mas tem o que realmente é importante e que falta em muitos dos concorrentes: qualidade.

Nada adiantou mouses como o Fortrek Spider Venom e Vinik VX Lizard terem "2000 ou 3200 DPIs de precisão" (DPI não é uma medida de precisão!), cabo em nylon, conector banhado a ouro e diversos outros artifícios que são utilizados apenas para marketing, se na hora dos testes de precisão eles acabam apresentando resultados horríveis e tendo uma construção claramente feita com obsolescência programada em mente.

O leitor precisa saber que o que realmente faz um mouse ser bom para jogos é o seu desempenho (afetado pelo sensor) e sua durabilidade (afetado pela construção interna), não o quão bonito ele fica como enfeite de mesa. Infelizmente, estas informações não são disponibilizadas nos "Dados Técnicos" de mouses, por isso é necessário pesquisar e utilizar análises como esta que acabamos de fazer para descobrir se um mouse é bom ou não.

MAS WETTO, VOCÊ NÃO RECOMENDOU NENHUM MOUSE DA LISTA PARA JOGOS DE FPS!

Sim, infelizmente nenhum destes mouses possui um sensor de alta qualidade capaz de rastrear movimentos rápidos com o mousepad. Para jogadores de FPS, recomendamos o Azio EXO1, o CM Storm Xornet II, o Dazz Smilodon ou o Logitech G302 que giram na faixa dos R$ 100~130. Acreditem, vale a pena pagar essa diferença.



A premiação dos mouses e também o resumo, estarão no próximo artigo, que será feito em vídeo pelo nosso querido carequinha das views.


Mombai

Mensagens : 2
Data de inscrição : 03/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recomendação de Mouse

Mensagem por XXXMACZENXX em Ter Jan 03, 2017 11:55 pm

Bom topico!

XXXMACZENXX

Mensagens : 7
Data de inscrição : 03/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recomendação de Mouse

Mensagem por Kofam_fast em Qua Jan 04, 2017 12:03 am

legal

Kofam_fast

Mensagens : 8
Data de inscrição : 03/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recomendação de Mouse

Mensagem por Fell_CPT em Qua Jan 04, 2017 12:07 am

gostei dos baratinhos

Fell_CPT

Mensagens : 11
Data de inscrição : 03/01/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Recomendação de Mouse

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum